Cerâmica para uso técnico

Produtos relacionados à

[+]
  • Cerâmico pintável 3:1 outubro/2011
    Cerâmico pintável 3:1
    resiste a abrasão, corrosão e calor

    Revestimento epóxi bicomponente na cor azul-claro com resistência à abrasão, corrosão e a agentes químicos, é reforçado com minerais cerâmicos e anticorrosivos. Adere a todos os metais, inclusive aço inoxidável, resultando em uma superfície vitrificada e bem acabada, impermeabilizada. Resiste a produtos químicos, solventes de petróleo, água do mar, álcoois, gasolina, óleo diesel, produtos alcalinos e ácidos diluídos. Suporta temperautras de -10 a 130°C, com picos de 170°C. Oferece rendimento por camada de 1,2 a 1,6 kg/m² com espessura de 1 mm.

  • Revestimento cerâmico agosto/2010
    Revestimento cerâmico
    proporciona aspecto <clean<

    Para cozinhas e projetos industriais, a linha industrial Kerafloor é feita de grés porcelânico extrudado. As placas cerâmicas da linha podem ser encontradas no formato de 300 x 300 mm e em duas espessuras: 8 e 12 mm. As peças resistem a manchas, congelamento e escorregamento, tendo sido desenvolvidas em uma cor clara para fácil visualização da sujeira e correta limpeza.

  • Cerâmica usinável janeiro/2010
    Cerâmica usinável
    resiste a até 1.150°C

    A Aremcolox 502-1100 é uma cerâmica de silicato de alumínio de propriedades térmicas e elétricas apropriadas para a produção de peças para aplicações de até 1.150ºC. Facilmente usinável por ferramental convencional, acha-se disponível em placas de 6,4 a 25,4 mm de espessura, varetas de 6,4 a 177,8 mm de diâmetro e barras de 25,4 x 25,4 mm a 101,6 x 101,6 mm, além de peças sob especificações. É utilizada na produção de isoladores térmicos e elétricos, carregadores de fornalha, bicos de queimadores e acessórios para soldagem.

  • Cerâmica termocondutora julho/2009
    Cerâmica termocondutora
    otimiza aplicações em eletricidade

    A fórmula Ceramacast 675-N incorpora nitrato de alumínio, gerando um composto termocondutor para moldagem, indicado para a fabricação de resistores de potência, cartuchos térmicos e sensores de temperatura. Resistente a até 1.370ºC, oferece condutividade técnica de 100 W/m-K, rigidez dielétrica de 12 kV/mm, resistividade volumétrica de 10 elevado a 13 ohms-cm em temperatura ambiente, resistência à compressão de até 14 bar e tolerância a umidade e ataques químicos. Fornecida em forma pulverizada, prepara-se com a adição de um volume de água, aproximadamente, para cada seis do preparado, que alcança cura em cerca de 16 h, em temperatura ambiente, ou após 2 a 4 h aquecido a 93°C, quando passa a exibir porosidade inferior a 3%, e contração mecânica menor que 0,3% mesmo quando aquecido acima de 500°C.

  • Carbureto de cálcio agosto/2008
    Carbureto de cálcio
    pode produzir acetileno ou ferro fundido

    Aplicado em geradores industriais ou portáteis (carbureteiras), produz o acetileno, um gás incolor, inflamável e inodoro quando no estado puro. Ligeiramente mais leve que o ar, o acetileno é solúvel em água e, quando combinado com ar ou oxigênio, proporciona uma chama quente, luminosa e fumegante, ideal para se obter melhor acabamento na solda e corte de metais. Usado na produção de ferro fundido cinzento, nodular e maleável, o carbureto de cálcio (fundição) ou carbureto eutético tem aproximadamente 72% de CaC2, além de Ca0 e pequenas concentrações de outros elementos. Como se trata de uma composição eutética, possui temperatura de fusão inferior à do carbureto normal. Por isso, funde-se completamente na zona de fusão de todos os cubilôs convencionais. Fora do forno de fusão, atua também como agente dessulfurante tanto por meio de processo de plugue poroso como por injeção em panela ou adição no canal de vazamento. É disponibilizado em embalagens de 10, 15, 25, 50 e 90 kg e big bag de PVC laminado.

          Top Five

          Conheça os 5 fornecedores preferidos pelo mercado industrial nesta categoria, segundo indicação feita pelos próprios especificadores e compradores industriais.

          ...aguarde...