Equipamentos de Segurança e Proteção Patrimonial

Produtos relacionados à

[+]
  • Protetor contra surtos agosto/2014
    Protetor contra surtos
    atende a NBR-5410 e NBRIEC-61643-1

    Com tensão de referência a 1 mAcc de 270 Vcc a 715 V, conforme a versão, e tensão nominal máxima (Uc) de 175 a 440 V, o MPS-Mini é um dispositivo de proteção contra surtos, monofásico, bidirecional, aplicável junto à entrada principal da rede de energia elétrica e ao barramento de equipotencialização principal, em quadros de distribuição ou junto a equipamentos de TI. Em caixa de policarbonato e montagem em trilho DIN 35 mm, atende as normas NBR-5410 e NBRIEC-61643-1.

  • Dispositivo contra surtos julho/2014
    Dispositivo contra surtos
    suporta 200 kA por 8/20 µs

    DPS classe I, monofásico, bidirecional e de 2 portas, o MPR-200 é aplicado junto à entrada principal da rede de energia elétrica e ao barramento de equipotencialização principal, BEP, em edificações providas de para-raios. De baixa tensão, alta capacidade de condução de corrente, baixa tensão residual e tempo de resposta típico inferior a 50 ns, opera com tensão nominal de 280/340 V ca, suportando corrente de teste de raios de 50 kA, corrente máxima de 200 kA por 8/20 µs e 1.000 aplicações de corrente de descarga de 20 kA por 8/20 µs. Com tecnologia GAP por atmosfera controlada (gás) ou pastilha de óxido metálico, impede a condução da corrente subsequente da rede de energia devido à tensão de operação, arco e grampeamento com valores superiores aos das redes de 220/380/440 V.

  • Protetor contra surtos julho/2014
    Protetor contra surtos
    suporta curto-circuito de 5 kA

    Instalado entre linha e neutro ou entre linha e terra, ou neutro e terra, em quadros de distribuição de circuitos ou de comando, o VCL Slim Classe II suporta corrente de curto-circuito de 5 kA, sem fusível backup, tendo tempo de resposta típico de 25 ns. Monopolar, do tipo limitador de tensão, é composto por varistor de óxido de zinco (MOV), associado a dispositivo de desconexão térmica (sobretemperatura) e elétrica (sobrecorrente). Pode ser fixado através de garras padrão NEMA ou encaixado em trilho padrão IEC, permitindo conexão direta aos barramentos dos quadros de distribuição de energia. Oferece sinalização local e remota opcional.

  • Dispositivo de proteção junho/2014
    Dispositivo de proteção
    age contra surtos elétricos

    Atua com conexão elétrica através de bornes a parafuso, sendo empregado para proteção contra sobretensões de equipamentos eletroeletrônicos e eletroprofissionais conectados à rede de eletricidade. A Série 722.B.010 de DPSs (Dispositivos de Proteção contra Surtos Elétricos) Classe II (NBR IEC 61.643-1) é composta por três modelos que funcionam sob tensões máximas de operação contínua de 50, 175 ou 275 V ca e 65, 225 ou 350 V cc; e corrente máxima de trabalho de 10 A. Possui concepção mecânica que permite sua montagem sobre trilho padrão DIN EN 50022 (DIN 35 mm).

  • Proteção contra arco voltaico
    junho/2014
    Proteção contra arco voltaico
    dispensa leitura de corrente

    Aplicável em painéis de baixa, média e alta tensão, o sistema Zyggot Arco, com ângulo de operação de 90°, protege instalações e componentes elétricos, verificando arcos voltaicos através da detecção de radiação ultravioleta por sensores inteligentes conectados em rede. Dispensando a leitura de corrente, realiza a proteção por detecção de radiação ultravioleta produzida em qualquer arco voltaico antes mesmo da luz visível (a qual está associada à fase de expansão do ar e superaquecimento). Criado para aumentar a segurança dos operadores e dos equipamentos, é de instalação simples, sua operação é rápida, com tempo total de envio do sinal de trip em 240 microssegundos.

          Top Five

          Conheça os 5 fornecedores preferidos pelo mercado industrial nesta categoria, segundo indicação feita pelos próprios especificadores e compradores industriais.

          ...aguarde...