Gaxetas

Produtos relacionados à

[+]
  • Gaxeta de carbono e/ou grafite
    Gaxeta de carbono e/ou grafite
    atua com até 455ºC

    Disponível em sete modelos, a Quimgax é fabricada com fibras de carbono (com 95% de carbono) ou grafite flexível (acima de 95% de carbono) para uso em vedações de válvulas, bombas e reatores, entre outros, onde haja alta pressão e/ou temperatura. Com bitola de 3,2 a 25,4 mm, atua com -200 a 455ºC e até 450 bar. Entre as principais características estão: construção entrelaçada, que oferece moldabilidade, maior resistência mecânica e menor desgaste por abrasão; 100% lubrificante, conferindo baixo atrito e aceitando atuar com altas velocidades periféricas; alta condutividade térmica, dissipando o calor gerado na caixa de gaxeta com alta velocidade periférica; resistência química, trabalhando com pH de 0 a 14; e sistema de inibidores de corrosão com fio ou pó de metais de sacrifício, sendo o zinco o mais usual.

    Bitola (Nominal): 3,2 a 25,4 mm
    Tipo: Carbono/grafite
    Material: Fibras de carbono ...
    ...
  • Gaxeta de PTFE expandido
    Gaxeta de PTFE expandido
    opera com até 250 bar

    A Quimgax é oferecida em três modelos com PTFE expandido aditivado e em dois modelos com PTFE expandido com grafite. É indicada para uso em vedações de hastes de válvulas e, quando lubrificada, em eixos de equipamentos rotativos em indústrias químicas, petroquímicas, farmacêuticas, alimentícias, de papel e celulose e outras. Com bitola de 3,2 a 25,4 mm, opera com -200 a 280ºC e com 20 a 250 bar. Atóxica, tem elevada resistência química (pH de 0 a 14), alta flexibilidade, grande transmissão de calor, pouco atrito e relaxamento e menor encolhimento.

    Bitola (Nominal): 3,2 a 25,4 mm
    Tipo: PTFE
    Material: PTFE expandido
    ...
  • Gaxeta p/isolamento térmico
    Gaxeta p/isolamento térmico
    feita c/aramida, cerâmica ou vidro

    Com altas resistências mecânica, térmica, química (ácido fluorídrico, ácido fosfórico e álcalis concentrados) e ao impacto e baixa densidade, é oferecida em três modelos - com fibra de poliamida aromática (aramida), fibra de cerâmica ou fibra de vidro - para uso em siderúrgicas, metalúrgicas, petroquímicas, cordoarias, na construção naval e indústrias têxteis, de alumínio, açúcar e álcool, vidro e outras. A fibra de aramida opera com 290°C com solicitação mecânica e 350°C sem solicitação mecânica, tendo bitola de 6,4 a 25,4 mm. A fibra de cerâmica trabalha com 550°C com solicitação mecânica e 1.260°C sem solicitação mecânica e sua bitola pode ter de 6,4 a 25,4 mm. A fibra de vidro atua com 260°C com solicitação mecânica e 550°C sem solicitação mecânica, apresentando bitola de 3,2 a 25,4 mm.

    Bitola (Nominal): 3,2 a 25,4 mm
    Material: Fibra de aramida ...
    Tipo: P/isolamento
    ...
  • Gaxetas de borracha
    Gaxetas de borracha
    são resistentes a produtos químicos

    Essas gaxetas de borracha grau alimentício são usada em trocadores de calor a placas modelos Alfa Laval, APV/SPX, Gea e Ficher. Produzidas com NBR, EPDM, HNBR, EPDM-HT, Neoprene, Butyl e Viton, são resistentes a temperaturas entre -40 e 180°C.

    Faixa de Temperatura: -40 a 180ºC
    Material: Butyl ...
  • Gaxetas de borracha
    Gaxetas de borracha
    resistem a água

    Estão disponíveis gaxetas de borracha grau alimentício para trocadores de calor a placas modelos Alfa Laval, APV/SPX, Gea, Fischer. São fabricadas com NBR, EPDM, HNBR, EPDM-HT, Neoprene, Butyl e Viton, suportando temperaturas entre -40 a 180°C.

    Faixa de Temperatura: -40 a 180ºC
    Material: Butyl ...

          Dentro desta linha de produtos, o site NEI oferece algumas categorias de produtos relacionados à Gaxetas.

          Acesse também outras linhas de produtos do segmento Vedações como:

          Top Five

          Conheça os 5 fornecedores preferidos pelo mercado industrial nesta categoria, segundo indicação feita pelos próprios especificadores e compradores industriais.

          ...aguarde...