Gaxetas

Produtos relacionados à

[+]
  • Gaxeta de vedação lubrificada
    Gaxeta de vedação lubrificada
    suporta temperaturas de -90 a 240°C

    Trançada e produzida com filamentos de PTFE expandido puro, impregnados com óleo inerte e alto grau de entrelaçamento, a gaxeta de vedação lubrificada 1056 caracteriza-se por ser um produto bastante compacto e flexível, de alta resistência química e temperatura de trabalho, além de apresentar redução do coeficiente de atrito, se comparada às gaxetas de PTFE puro secas. Fornecida na cor branca, suporta temperaturas de trabalho de -90 a 240°C, pressão de 250 bar e velocidade linear de 12 m/s, possuindo tolerância a toda a faixa de pH de trabalho de 0 a 14. É fabricada com dimensões de 3,2 a 25,4 mm (1/8 a 1") e pesos respectivos de 0,015 a 1,210 kg/m. Fornecida em bobinas plásticas com 2 kg, acondicionadas em caixas de papelão, possibilita utilização para vedação de equipamentos industriais que operam com produtos químicos em geral, inclusive corrosivos e solventes, em baixas e altas temperaturas; além de ser recomendada para vedações dinâmicas de eixos rotativos ou reciprocantes de baixa a média velocidade linear, como os de bombas centrífugas, misturadores e hastes de válvulas. Não é indicada para vedação de fluidos incompatíveis com o silicone.

    Faixa de Temperatura: -90 a 240ºC
    Temperatura Máx.: 240ºC
    Temperatura Máx.: 260ºC
    ...
  • Gaxeta de vedação trançada
    Gaxeta de vedação trançada
    dispõe-se grafitada

    Fornecida na cor grafite escuro, em bobinas plásticas com 2 kg acondicionadas em caixas de papelão, a gaxeta de vedação 1057 é produzida com filamentos de PTFE grafitado expandido, impregnados com óleo inerte e alto grau de entrelaçamento, o que a torna um produto bastante compacto e flexível, de altíssima resistência química. É fabricada com dimensões de 3,2 a 25,4 mm (1/8 a 1") e pesos respectivos de 0,015 a 1,210 kg/m, suportando temperaturas de trabalho de -90 a 240°C, pressão de 300 bar e velocidade linear de 25 m/s. Possui ainda menor coeficiente de atrito e maior capacidade de dissipação térmica que as gaxetas de PTFE puro, bem como tolerância a toda a faixa de pH de trabalho de 0 a 14. Recomendada para vedações dinâmicas de eixos rotativos ou reciprocantes de baixa a média velocidade linear, aplica-se também à vedação de equipamentos industriais que operam com produtos químicos em geral, inclusive corrosivos e solventes, em baixas e altas temperaturas.

    Faixa de Temperatura: -90 a 240ºC
    Temperatura Máx.: 240ºC
    Tipo: grafitada/trançad
    ...
  • Gaxeta de vedação trançada
    Gaxeta de vedação trançada
    tolera temperaturas de -90 a 240°C

    Fabricada com filamentos de PTFE expandido puro e alto grau de entrelaçamento, a gaxeta de vedação trançada Puro Seca 1055 caracteriza-se como um produto bastante compacto e flexível, de altíssima resistência química e temperatura de trabalho de -90 a 240°C. Encontra-se à disposição com dimensões de 3,2 a 25,4 mm (1/8 a 1") e pesos respectivos de 0,015 a 1,210 kg/m, suportando pressão de 250 bar e velocidade linear de 5 m/s, e oferecendo tolerância a toda a faixa de pH de operação de 0 a 14. É fornecida em bobinas plásticas com 2 kg, acondicionadas em caixas de papelão, permitindo uso em vedação de equipamentos industriais que operam com produtos químicos em geral, inclusive corrosivos e solventes, em baixas e altas temperaturas. É recomendada tanto para vedações estáticas, como tampas de equipamentos e portas de estufas, e para vedações dinâmicas de eixos rotativos ou reciprocantes de baixa velocidade linear, assim como para manutenção de indústrias farmacêuticas, alimentícias, petroquímicas, químicas e de papel e celulose, entre outras.

    Faixa de Temperatura: -90 a 240ºC
    Temperatura Máx.: 240ºC
    Tipo: PTFE puro seca
    ...
  • Gaxeta de carbono e/ou grafite
    Gaxeta de carbono e/ou grafite
    atua com até 455ºC

    Disponível em sete modelos, a Quimgax é fabricada com fibras de carbono (com 95% de carbono) ou grafite flexível (acima de 95% de carbono) para uso em vedações de válvulas, bombas e reatores, entre outros, onde haja alta pressão e/ou temperatura. Com bitola de 3,2 a 25,4 mm, atua com -200 a 455ºC e até 450 bar. Entre as principais características estão: construção entrelaçada, que oferece moldabilidade, maior resistência mecânica e menor desgaste por abrasão; 100% lubrificante, conferindo baixo atrito e aceitando atuar com altas velocidades periféricas; alta condutividade térmica, dissipando o calor gerado na caixa de gaxeta com alta velocidade periférica; resistência química, trabalhando com pH de 0 a 14; e sistema de inibidores de corrosão com fio ou pó de metais de sacrifício, sendo o zinco o mais usual.

    Bitola (Nominal): 3,2 a 25,4 mm
    Tipo: Carbono/grafite
    Material: Fibras de carbono ...
    ...
  • Gaxeta de PTFE expandido
    Gaxeta de PTFE expandido
    opera com até 250 bar

    A Quimgax é oferecida em três modelos com PTFE expandido aditivado e em dois modelos com PTFE expandido com grafite. É indicada para uso em vedações de hastes de válvulas e, quando lubrificada, em eixos de equipamentos rotativos em indústrias químicas, petroquímicas, farmacêuticas, alimentícias, de papel e celulose e outras. Com bitola de 3,2 a 25,4 mm, opera com -200 a 280ºC e com 20 a 250 bar. Atóxica, tem elevada resistência química (pH de 0 a 14), alta flexibilidade, grande transmissão de calor, pouco atrito e relaxamento e menor encolhimento.

    Bitola (Nominal): 3,2 a 25,4 mm
    Tipo: PTFE
    Material: PTFE expandido
    ...

          Dentro desta linha de produtos, o site NEI oferece algumas categorias de produtos relacionados à Gaxetas.

          Acesse também outras linhas de produtos do segmento Vedações como:

          Top Five

          Conheça os 5 fornecedores preferidos pelo mercado industrial nesta categoria, segundo indicação feita pelos próprios especificadores e compradores industriais.

          ...aguarde...