Produto
JUN

2012

Vestimenta de proteção

evita queimaduras por arco elétrico

Atende a legislação NR-10 do MTE, sendo confeccionada com fibras tratadas, meta-aramida, para-aramida, entre outras. Protege contra arcos elétricos e fogo repentino, evitando queimaduras de 2º e 3º graus e oferecendo proteção ignífuga nos níveis I a IV. Em ampla variedade de modelos e tecidos, com costuras de alta resistência, não armazena energia, não funde e nem goteja. Permite fácil higienização.

Engesel Equips. de Segurança Ltda.

Vestimenta de proteção

Produtos Relacionados

  • Vestimenta química março/12
    Vestimenta química
    também resiste a chamas

    Engesel Equips. de Segurança Ltda.

    De desenho anatômico, desenvolvida para várias necessidades de manuseio e movimentações em um cenário de emergência com produtos perigosos, o modelo D9300 Nível A...

  • Roupa de proteção fevereiro/12
    Roupa de proteção
    atende a NR10 e NFPA 70E/2112

    DuPont do Brasil S.A.

    Fabricada com tecido de origem antichama, não propaga chamas e reduz os riscos de queimaduras graves; não funde e não derrete sob calor intenso de arco elétrico ou fogo repentino; ...

  • Vestimenta de proteção julho/11
    Vestimenta de proteção
    possui resistência química/mecânica

    Engesel Equips. de Segurança Ltda.

    É ideal para atuação em emergências químicas, biológicas ou com partículas radioativas, pelo alto nível de proteção à pele, aos olhos e ao...

  • Macacão descartável maio/09
    Macacão descartável
    resiste à abrasão e umidade

    Ganiri´s Ind. e Com. Ltda.

    Confeccionado com o não tecido Tiflex, com tratamento antiestástico, protege contra partículas secas e úmidas maiores que 0,5 µ, tóxicas ou alergênicas....

  • Vestimenta de proteção janeiro/09
    Vestimenta de proteção
    evita risco de contaminação

    Interfiltros Com. de Artefatos de Tecido Ltda.

    Com costura termosselada, a IP-280 é resistente, destinando-se a ambientes com risco de contaminação por produtos químicos agressivos à pele, como em laboratórios, na...

Compartilhe essa página:

...aguarde...