NEI
Omel Bombas e Compressores Ltda (Guarulhos, São Paulo)
Omel Bombas e Compressores Ltda

Bombas Centrífugas - Série UND II MAG

  • Bombas Centrífugas - Série UND II MAG
  • Bombas Centrífugas - Série UND II MAG

Descrição do produto

Confiável

  • Produzida no Brasil pela OMEL, empresa que conta com uma experiência de 60 anos.
  • Projetada com tecnologia de última geração, testada e aprovada pela operação em campo.
  • Utilização de materiais de ponta.
  • Fabricadas conforme a norma ANSI B 73.3.


  • Segura, com zero emissão
  • Camisa de contenção em uma única peça, extra pesada, em Hastelloy C resistente à corrosão, que garante segurança e reduz perdas por correntes parasitas.
  • Mancais e luvas em Carbeto de Silício puro sintetizado, que garantem uma longa vida do produto.
  • Eficiente circulação interna de fluido, que garante a redução de temperatura gerada pelas correntes parasitas.
  • Monitoramento de condição operacional via medição da temperatura da caneca de contenção, provendo proteção em caso de mau funcionamento da bomba devido a eventual operação em seco, recirculação interrompida, “flashing” do produto bombeado ou desacoplamento dos ímãs.
  • Monitoramento da potência elétrica consumida pela bomba, que possibilita seu desligamento imediato em caso de eventuais problemas operacionais.
  • Anel de proteção em material que não produz faíscas, protegendo a camisa de contenção de atrito do conjunto dos ímãs externos, em caso de falha operacional dos rolamentos do suporte externo.
  • Maior Tempo Médio Entre Falhas (TMEF).


  • Características do Projeto
  • Dimensões ANSI B 73.1, bomba intercambiável com bombas seladas de mesmo padrão.
  • Produzida com suporte de rolamentos ou monobloco (somente para as bombas com rotores de 6”e 8”)
  • Suporte dos rolamentos em ferro fundido, com rolamentos em banho de óleo e eixo selado com vedadores de mancais em bronze (vedadores de mancais também disponíveis em inox).
  • Possibilidade de montagem de selo mecânico a gás no eixo de acionamento do suporte de rolamentos, possibilitando a contenção de eventuais vazamentos causados por falha de contenção primaria (caneca de contenção).
  • Atende às normas ANSI B73.3-2003 e ANSI/HI 5.1 e 5.6 para bombas magnéticas.
  • Filtro autolimpante incorporado.
  • O conjunto secundário de vedação (suporte de rolamentos externo) poderá ser retirado sem a necessidade da retirada da bomba da linha, mantendo-se o sistema de mancais internos e a camisa de contenção montados. Assim, não há necessidade de drenar, evacuar ou isolar a bomba.
  • Mancais internos produzidos em (i) Carbeto de Silício Sinterizado, (ii) Carbeto de Silício com grafite, ou (iii) Grafite, a ser determinado de acordo com as propriedades físico químicas do produto bombeado. A bucha estacionaria do mancal montada sobre o eixo por meio de anéis de compensação de tolerância em
  • Hastelloy C permite a operação em qualquer temperatura.
  • Imãs em ferro neodímio para utilização em temperaturas de bombeamento até 120ºC e em samário cobalto usado em temperaturas de bombeamento até 300ºC.


  • Aplicações
  • Em processos químicos e petroquímicos, na indústria farmacêutica, na indústria nuclear, em processos contínuos ou descontínuos.
  • Descarga de tanques e veículos de transporte de líquidos sensíveis.
  • No transporte e recirculação de fluidos térmicos.
  • No bombeamento de fluidos carcinogênicos, inflamáveis, puros explosivos, venenosos, sensíveis à atmosfera, letais, agressivos, tóxicos, contaminantes, contaminados, nocivos, quentes, frios, pirogênicos, criogênicos, ácidos e de difícil selagem.
  • Em aplicações que não puderem ocorrer vazamentos, como no bombeamento de ácidos, álcoois e glicóis, álcalis, halogênios, fluidos de transferência térmica, hidrocarbonetos, compostos de nitrogênio e enxofre, sais e produtos químicos como formaldeído, éter, TDI, MDI, acetona, anidrido acético, detergentes. monoglicerideos, óleos vegetais, água desmineralizada, água pesada, óxido de propileno, cloreto de metila, acetato de chumbo, cianetos e freon.


  • Parâmetros operacionais
  • Capacidade: até 300 m3/h.
  • Altura manométrica: até 200 m.
  • Pressão: até 25 bar.
  • Teste hidrostático da camisa de contenção: 80 bar.
  • Potência máxima transmitida: 208 CV
  • Temperatura máxima: 120ºC (imãs de ferro-boro-neodimio) e 300ºC (imãs de samário cobalto)
  • Viscosidade mínima de operação com mancais normais: 0,3 cP min.


  • Monitoramento e segurança intrinseca da bomba

    Como qualquer bomba, UND/MAG requer controle das condições de operação. A operação em seco, desacoplamento dos imãs, recirculação bloqueada, cavitação e “flashing” devem ser evitados para preservar a integridade dos mancais, lubrificados pelo próprio liquido bombeado. Para o controle e salvaguarda das condições de operação da bomba poderão ser utilizados os seguintes instrumentos:

    Sensor de temperatura:monitora a temperatura da camisa de contenção, provendo a proteção da bomba indicando condições de mau funcionamento do sistema.

    Controlador de temperatura: usado com o sensor montado na camisa de contenção o controlador mede a temperatura do sistema, podendo soar alarme ou desligar a bomba sempre que necessário (comando trip point).

    Controlador de potência absorvida: monitora constantemente a potência consumida pelo motor, automaticamente desligando a bomba em caso de eventuais alterações.

    Acoplamento magnético síncrono

    O acoplamento magnético é um acionador síncrono coaxial que usa imãs permanentes montados em suportes rotativos internos e externos à uma camisa de contenção. A atração entre os pares de polos dos ímãs permite a transferência total da rotação do motor ao rotor da bomba. Com o desenvolvimento dos ímãs de Samário-Cobalto e Neodímio-Ferro-Boro, foram projetados acoplamentos magnéticos compactos e eficientes que tornam o dispositivo de transmissão de rotação e torque aceito pelo mercado.


    Modelos

    * - Clique no respectivo modelo para mais informações.
    Modelo* Altura Manométrica Máx. ANSI N° Capacidade Máx. Dimensão (D) Dimensão (E1) Dimensão (F) Dimensão (H) Dimensão (X) Dimensão (Y) Peso Potência máxima transmitida Pressão Tamanho Temperatura Máx. Teste hidrostático da camisa de contenção Tipo Viscosidade Mín.
    A05 - 2x1X10 200 m A05 300 m³/h 210 mm 124 mm 318 mm 16 mm 216 mm 102 mm 90 kg 208 CV 25 bar 2x1X10 pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín
    A10 - 3X2x6 200 m A10 300 m³/h 210 mm 124 mm 318 mm 16 mm 210 mm 102 mm 100 kg 208 CV 25 bar 3x2x6 pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín
    A10/E - 3x2x6 200 m A10/E 300 m³/h 1333 mm 76 mm 184 mm 16 mm 165 mm 102 mm 80 kg 208 CV 25 bar 3x2x6 pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín
    A1O/E - 3x2x6 200 m A1O/E 300 m³/h 173 mm 116,5 mm 285 mm 16 mm 165 mm 102 mm 80 kg 208 CV 25 bar 3x2x6 pol 120 ~300 °C 80 bar Monobloco 0,3 cP mín
    A20 - 3x1.1/2x13 200 m A20 300 m³/h 254 mm 124 mm 318 mm 16 mm 267 mm 102 mm 127 kg 208 CV 25 bar 3x1.1/2x13 pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín
    A30 - 3X2X13 200 m A30 300 m³/h 254 mm 124 mm 318 mm 16 mm 292 mm 102 mm 136 kg 208 CV 25 bar 3X2X13 pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín
    A40 - 4X3x13 200 m A40 300 m³/h 254 mm 124 mm 318 mm 16 mm 318 mm 102 mm 145 kg 208 CV 25 bar 4x3x13 pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín
    A50 - 3x1.1/2x10 200 m A50 300 m³/h 210 mm 124 mm 318 mm 16 mm 216 mm 102 mm 100 kg 208 CV 25 bar 3x1.1/2x1o pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín
    A60 - 3X2X10 200 m A60 300 m³/h 210 mm 124 mm 318 mm 16 mm 241 mm 102 mm 105 kg 208 CV 25 bar 3x2x10 pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín
    A70 - 4X3X10 200 m A70 300 m³/h 210 mm 124 mm 318 mm 16 mm 279 mm 102 mm 110 kg 208 CV 25 bar 4x3x10 pol 120 ~300 °C 80 bar Com suporte de Rolamentos 0,3 cP mín

    Envie sua cotação para a empresa

    Seus dados serão enviados às empresas para que elas retornem sua cotação.

    Seus dados serão enviados às empresas para que elas retornem sua cotação.